Voz da Paixão: Reapresentação do Último Capítulo!

Capítulo 19
A polícia invade o quarto, Matheus se lança pela janela, entra em um carro e começa a fugir. A polícia, que dessa vez estava mais alerta, conseguiu ir atrás de Matheus.
Após várias horas de perseguição, Matheus pega um caminho por onde nunca passou. Ele chega a um penhasco. Perdido, ele entra em desespero:
– Não cheguem perto de mim, não encostem em mim… Saiam daqui, eu tenho uma arma.
Matheus diz:
– Como pude me entregar a essa obsessão terrível? Amar um homem? Uma pessoa como eu? Francisco, nunca vou ter você para mim…
Matheus entra no carro e diz a seguinte frase:
– Ana Carmita, te odeio para sempre! Francisco, para sempre, o meu amor!
Ao dizer essas palavras, ele pisa no acelerador e se joga do penhasco e morre.
Chega o dia do velório.
Na sala em que Matheus foi velado, só havia o caixão. Ele havia arrumado brigas com todas as pessoas que passaram por sua vida. Ele, na sua adolescência, matou seu pai e sua mãe a pauladas. Em total descontrole, matou todas as namoradas dos rapazes que ele gostou. Uma força maior tomou conta da mente dele e o que era uma opção sexual se transformou em uma doença mortal.
Francisco, movido por extrema compaixão, foi ao velório:
– Matheus. Minhas lembranças. Pra mim você não significou nada, mas você me amou. Obrigado por me amar, mas o meu destino já está selado e não era para ser com você!
Francisco coloca seus óculos escuros e vai para o hospital visitar Carmita. Ao chegar lá, o doutor tem uma péssima notícia para entregar:
– Francisco? Você é o “quase” esposo da paciente Ana Carmita?
– Sim, sou eu!
O doutor prossegue:
– Hoje, Ana Carmita teve duas paradas cardíacas. Mas ela sobreviveu! Em breve ela poderá voltar para a casa!
Francisco dá pulos de alegria.
2 anos depois – Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Francisco e Carmita, junto com Otávio e Christina Maria, filha recém-nascida do casal, eles começam a ver um álbum de fotografias.
Nele continha uma foto de Ortência. Ortência havia morrido e Ewerton que a matou, foi preso e nunca mais foi visto pelas ruas da cidade.
Havia também uma foto de Eloísa e Yanka. Duas princesas, no mundo da alta sociedade, as duas viraram patricinhas e tinham todos os gatinhos aos seus pés.
Havia fotos de Pamella. Ela havia se casado com Gustavo, um rapaz que conheceu em uma viagem ao Piauí.
A última foto é tirada no momento em que a família Bustamantt fecha o álbum de fotografias. Nela continham Francisco, Ana Carmita, Otávio e Christina Maria, uma família que passou por diversas dificuldades, mas ouviram a “VOZ DA PAIXÃO” e viveram felizes por mais alguns anos!
FIM
Autores: Luís Henriq e Francisco Neto 

Daqui a pouco tem o “Balanço Total”, com o resultado da votação da enquete sobre “Voz da Paixão”. Não saia daí!
 
E dia 4 julho, às 6 da tarde, em substituição à esse grande sucesso, o UHTV! vem com tudo para estrear a inedita “Vidas Proibidas”. Criada e escrita por Luís Henriq, essa é mais uma grande história que vai mover os seus fins de tarde.
Não importa onde, como ou porque. Todos nós nascemos para ser feliz. Com o tempo criamos os nossos próprios caminhos e vamos dando rumos à nossas vidas. 
Mas…
Seria possível uma vida ser proibida de ser feliz?

É segunda, dia 4 de julho, às 6 da tarde. Só aqui, no UHTV!

UHTV! Web-Novelas de Qualidade pra Você! 

Publicado em julho 1, 2011, em Vidas Proibidas, Voz da Paixão. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: