Justiça de Israel mantém lei polêmica sobre palestinos

A Suprema Corte de Israel manteve nesta quinta-feira uma polêmica lei que proíbe que palestinos casados com israelenses tenham direito a cidadania e residência no país.
A corte considerou a lei válida sob o argumento de que os palestinos poderiam significar um risco à segurança do país.
Grupos de defesa dos direitos humanos haviam promovido uma campanha para tentar derrubar a lei, em vigor desde 2003.
Eles classificaram a decisão da Justiça de “racista” e disseram que ela prejudica a proteção dos direitos humanos em Israel.
Um juiz da Suprema Corte afirmou que os direitos humanos não poderiam ser “uma receita para o suicídio nacional”.

Fonte: BBC Brasil
Anúncios

Publicado em janeiro 13, 2012, em Internacional, Noticias. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: