Arquivo da categoria: Feridas do Tempo

Feridas do Tempo: Passam-se 9 meses; Luciana dá a luz!

Capítulo 3

João passou todo o mês procurando Luciana pelas ruas de Pórus, mas não a encontrava, foi assim, que se deu por vencido, acreditando que ela havia mesmo ido embora.

Luciana havia passado o mês em um abrigo, estava à beira da miséria, não havia encontrado outro emprego. Foi nessa situação que ela descobre que está grávida. Ela começa a lembrar de sua família, quando eram vivos e começou a se sentir sozinha e desprotegida, não tinha para onde ir, nem uma vida digna para dar a filha que viria a nascer.

Nove meses de passam, ela não havia conseguido emprego nem nada, pois ninguém queria contratar uma mulher grávida.

É o dia do nascimento, o médico do abrigo faz o parto. Tudo dá certo. Ela e sua filha saem ilesas.

Os dias se passavam, ela não achava uma maneira de manter a filha. Numa ação desesperada ela resolve deixar sua filha na porta de uma casa grande e luxuosa.

De manhã os donos da linda e gigantesca mansão, ao saírem de casa encontram uma cesta. Ao chegar mais perto eles descobrem que há um bebê lá dentro e entram em desespero, mas um deles decide levá-la para dentro de casa.
A casa era habitada por uma senhora de 50 anos e seu filho de 20. Eles ficam incertos, mas ficaram com a criança e decidiram criá-la. O nome estava decidido: A linda criança ia se chamar Maribel.

Luciana sempre que podia passava em frente à linda mansão para ter certeza de que adotaram mesmo sua filha. Certa de que deixou sua filha em boas mãos, ela decide sumir daquela cidade que até então só havia lhe trazido tristezas.

Ela começa uma caminhada intensa. Passou dias e noites caminhando, sem ter rumo. Estava determinada a ser feliz, conseguir ser alguém.

Passam-se 20 anos, Luciana havia se tornado uma mulher de sucesso, mas era amargurada e fechada pelo fato de ter abandonado sua filha. Com seu dom, 15 anos atrás, ela montou uma famosa agência de moda, em São Paulo.

Feridas do Tempo: Passam-se 9 meses; Luciana dá a luz!

Capítulo 3

João passou todo o mês procurando Luciana pelas ruas de Pórus, mas não a encontrava, foi assim, que se deu por vencido, acreditando que ela havia mesmo ido embora.

Luciana havia passado o mês em um abrigo, estava à beira da miséria, não havia encontrado outro emprego. Foi nessa situação que ela descobre que está grávida. Ela começa a lembrar de sua família, quando eram vivos e começou a se sentir sozinha e desprotegida, não tinha para onde ir, nem uma vida digna para dar a filha que viria a nascer.

Nove meses de passam, ela não havia conseguido emprego nem nada, pois ninguém queria contratar uma mulher grávida.

É o dia do nascimento, o médico do abrigo faz o parto. Tudo dá certo. Ela e sua filha saem ilesas.

Os dias se passavam, ela não achava uma maneira de manter a filha. Numa ação desesperada ela resolve deixar sua filha na porta de uma casa grande e luxuosa.

De manhã os donos da linda e gigantesca mansão, ao saírem de casa encontram uma cesta. Ao chegar mais perto eles descobrem que há um bebê lá dentro e entram em desespero, mas um deles decide levá-la para dentro de casa.
A casa era habitada por uma senhora de 50 anos e seu filho de 20. Eles ficam incertos, mas ficaram com a criança e decidiram criá-la. O nome estava decidido: A linda criança ia se chamar Maribel.

Luciana sempre que podia passava em frente à linda mansão para ter certeza de que adotaram mesmo sua filha. Certa de que deixou sua filha em boas mãos, ela decide sumir daquela cidade que até então só havia lhe trazido tristezas.

Ela começa uma caminhada intensa. Passou dias e noites caminhando, sem ter rumo. Estava determinada a ser feliz, conseguir ser alguém.

Passam-se 20 anos, Luciana havia se tornado uma mulher de sucesso, mas era amargurada e fechada pelo fato de ter abandonado sua filha. Com seu dom, 15 anos atrás, ela montou uma famosa agência de moda, em São Paulo.

Feridas do Tempo: Passam-se 9 meses; Luciana dá a luz!

Capítulo 3

João passou todo o mês procurando Luciana pelas ruas de Pórus, mas não a encontrava, foi assim, que se deu por vencido, acreditando que ela havia mesmo ido embora.

Luciana havia passado o mês em um abrigo, estava à beira da miséria, não havia encontrado outro emprego. Foi nessa situação que ela descobre que está grávida. Ela começa a lembrar de sua família, quando eram vivos e começou a se sentir sozinha e desprotegida, não tinha para onde ir, nem uma vida digna para dar a filha que viria a nascer.

Nove meses de passam, ela não havia conseguido emprego nem nada, pois ninguém queria contratar uma mulher grávida.

É o dia do nascimento, o médico do abrigo faz o parto. Tudo dá certo. Ela e sua filha saem ilesas.

Os dias se passavam, ela não achava uma maneira de manter a filha. Numa ação desesperada ela resolve deixar sua filha na porta de uma casa grande e luxuosa.

De manhã os donos da linda e gigantesca mansão, ao saírem de casa encontram uma cesta. Ao chegar mais perto eles descobrem que há um bebê lá dentro e entram em desespero, mas um deles decide levá-la para dentro de casa.
A casa era habitada por uma senhora de 50 anos e seu filho de 20. Eles ficam incertos, mas ficaram com a criança e decidiram criá-la. O nome estava decidido: A linda criança ia se chamar Maribel.

Luciana sempre que podia passava em frente à linda mansão para ter certeza de que adotaram mesmo sua filha. Certa de que deixou sua filha em boas mãos, ela decide sumir daquela cidade que até então só havia lhe trazido tristezas.

Ela começa uma caminhada intensa. Passou dias e noites caminhando, sem ter rumo. Estava determinada a ser feliz, conseguir ser alguém.

Passam-se 20 anos, Luciana havia se tornado uma mulher de sucesso, mas era amargurada e fechada pelo fato de ter abandonado sua filha. Com seu dom, 15 anos atrás, ela montou uma famosa agência de moda, em São Paulo.

Feridas do Tempo: Fortes emoções do 2º capítulo!

Capítulo 2

No dia seguinte, Flor tem uma viagem de negócios a fazer e decide não levar João, pois ele tinha compromissos a cumprir com a igreja.

À noite, no horário de seu compromisso, João não vai, preferiu ficar com Luciana, ele tinha declarações a fazer:
– Não dá mais para segurar, meu amor por você é tão grande que eu não consigo mais ocultar, você é e sempre será a mulher da minha vida, não importa o que irá nos impedir, estaremos sempre juntos.
Luciana, feliz, mas sem demonstrar, diz:
– Eu também te amo, desde o dia em que te conheci, não parei de pensar em você. Eu quero, mas não posso te amar, afinal, você será um padre, não pode ter mulheres. Não vai dar certo.
Ele, louco para beijá-la, diz:
– Não importa, quero ser feliz, sei que só serei feliz com você. Não importa o quanto demore ou as conseqüências, vamos ficar juntos. Onde você for eu irei.

E é nesse ambiente de declarações arrebatadoras que os dois se beijam e no calor das emoções tem uma noite de amor.

Flor tinha viajado, mas não conseguiu encontrar a pessoa com quem fecharia o negócio, devido a isso, ela voltou para casa. Ao chegar de madrugada ela vai ao quarto de João e vê que não tem ninguém lá.
Com medo de que algo tenha acontecido com seu filho, ela vai ao quarto de Luciana para perguntar o destino do filho.

Ao abrir a porta ela tem uma longa e agonizante surpresa: seu filho havia tido uma noite com Luciana.

Sem escrúpulos, ela coloca Luciana para fora, sem lhe dar uma moeda:
– Suma daqui, sua víbora, eu te alertei antes sobre as conseqüências que você teria se tirasse meu filho dos caminhos de Deus. Você duvidou e agora está aí o seu pagamento: a miséria. Aqui estão suas roupas, leve esses trapos junto com você. Não quero que meu filho se lembre de você. Suma daqui.

Na manhã seguinte, João vai para o seminário atordoado, pensando onde e como Luciana estaria. Estava totalmente desligado do mundo real.

Feridas do Tempo: Fortes emoções do 2º capítulo!

Capítulo 2

No dia seguinte, Flor tem uma viagem de negócios a fazer e decide não levar João, pois ele tinha compromissos a cumprir com a igreja.

À noite, no horário de seu compromisso, João não vai, preferiu ficar com Luciana, ele tinha declarações a fazer:
– Não dá mais para segurar, meu amor por você é tão grande que eu não consigo mais ocultar, você é e sempre será a mulher da minha vida, não importa o que irá nos impedir, estaremos sempre juntos.
Luciana, feliz, mas sem demonstrar, diz:
– Eu também te amo, desde o dia em que te conheci, não parei de pensar em você. Eu quero, mas não posso te amar, afinal, você será um padre, não pode ter mulheres. Não vai dar certo.
Ele, louco para beijá-la, diz:
– Não importa, quero ser feliz, sei que só serei feliz com você. Não importa o quanto demore ou as conseqüências, vamos ficar juntos. Onde você for eu irei.

E é nesse ambiente de declarações arrebatadoras que os dois se beijam e no calor das emoções tem uma noite de amor.

Flor tinha viajado, mas não conseguiu encontrar a pessoa com quem fecharia o negócio, devido a isso, ela voltou para casa. Ao chegar de madrugada ela vai ao quarto de João e vê que não tem ninguém lá.
Com medo de que algo tenha acontecido com seu filho, ela vai ao quarto de Luciana para perguntar o destino do filho.

Ao abrir a porta ela tem uma longa e agonizante surpresa: seu filho havia tido uma noite com Luciana.

Sem escrúpulos, ela coloca Luciana para fora, sem lhe dar uma moeda:
– Suma daqui, sua víbora, eu te alertei antes sobre as conseqüências que você teria se tirasse meu filho dos caminhos de Deus. Você duvidou e agora está aí o seu pagamento: a miséria. Aqui estão suas roupas, leve esses trapos junto com você. Não quero que meu filho se lembre de você. Suma daqui.

Na manhã seguinte, João vai para o seminário atordoado, pensando onde e como Luciana estaria. Estava totalmente desligado do mundo real.

Feridas do Tempo: Fortes emoções do 2º capítulo!

Capítulo 2

No dia seguinte, Flor tem uma viagem de negócios a fazer e decide não levar João, pois ele tinha compromissos a cumprir com a igreja.

À noite, no horário de seu compromisso, João não vai, preferiu ficar com Luciana, ele tinha declarações a fazer:
– Não dá mais para segurar, meu amor por você é tão grande que eu não consigo mais ocultar, você é e sempre será a mulher da minha vida, não importa o que irá nos impedir, estaremos sempre juntos.
Luciana, feliz, mas sem demonstrar, diz:
– Eu também te amo, desde o dia em que te conheci, não parei de pensar em você. Eu quero, mas não posso te amar, afinal, você será um padre, não pode ter mulheres. Não vai dar certo.
Ele, louco para beijá-la, diz:
– Não importa, quero ser feliz, sei que só serei feliz com você. Não importa o quanto demore ou as conseqüências, vamos ficar juntos. Onde você for eu irei.

E é nesse ambiente de declarações arrebatadoras que os dois se beijam e no calor das emoções tem uma noite de amor.

Flor tinha viajado, mas não conseguiu encontrar a pessoa com quem fecharia o negócio, devido a isso, ela voltou para casa. Ao chegar de madrugada ela vai ao quarto de João e vê que não tem ninguém lá.
Com medo de que algo tenha acontecido com seu filho, ela vai ao quarto de Luciana para perguntar o destino do filho.

Ao abrir a porta ela tem uma longa e agonizante surpresa: seu filho havia tido uma noite com Luciana.

Sem escrúpulos, ela coloca Luciana para fora, sem lhe dar uma moeda:
– Suma daqui, sua víbora, eu te alertei antes sobre as conseqüências que você teria se tirasse meu filho dos caminhos de Deus. Você duvidou e agora está aí o seu pagamento: a miséria. Aqui estão suas roupas, leve esses trapos junto com você. Não quero que meu filho se lembre de você. Suma daqui.

Na manhã seguinte, João vai para o seminário atordoado, pensando onde e como Luciana estaria. Estava totalmente desligado do mundo real.

Dobradinha de Sucesso: "Feridas do Tempo" e "Raising Hope" nas noites do UHTV!

HOJE, às 19h, tem mais um capítulo de “Feridas do Tempo”.
Escrita por Luís Henriq e Francisco Netto, essa história vai honrar seu título com uma história muito bem escrita.
É de segunda à sexta, 7 da noite.
E LOGO APÓS…


Raising Hope é uma comédia familiar criada por Greg Garcia. Nela, acompanhamos a família Chance quando eles recebem um novo e inesperado membro. Aos 23 anos, Jimmy Chance (Lucas Neff) não está indo a lugar nenhum em sua vida. Ele limpa piscinas para ganhar um trocado, vai a festas toda noite e ainda vive com sua família, incluindo sua avó Maw Maw (Cloris Leachmann), sua mãe Virginia (Martha Plimpton) e seu pai, Burt (Garret Dillahunt).
É de segunda à segunda, 8 da noite.

A dobradinha de maior sucesso da blogosfera você vê só aqui, no UHTV!

Dobradinha de Sucesso: "Feridas do Tempo" e "Raising Hope" nas noites do UHTV!

HOJE, às 19h, tem mais um capítulo de “Feridas do Tempo”.
Escrita por Luís Henriq e Francisco Netto, essa história vai honrar seu título com uma história muito bem escrita.
É de segunda à sexta, 7 da noite.
E LOGO APÓS…


Raising Hope é uma comédia familiar criada por Greg Garcia. Nela, acompanhamos a família Chance quando eles recebem um novo e inesperado membro. Aos 23 anos, Jimmy Chance (Lucas Neff) não está indo a lugar nenhum em sua vida. Ele limpa piscinas para ganhar um trocado, vai a festas toda noite e ainda vive com sua família, incluindo sua avó Maw Maw (Cloris Leachmann), sua mãe Virginia (Martha Plimpton) e seu pai, Burt (Garret Dillahunt).
É de segunda à segunda, 8 da noite.

A dobradinha de maior sucesso da blogosfera você vê só aqui, no UHTV!

Dobradinha de Sucesso: "Feridas do Tempo" e "Raising Hope" nas noites do UHTV!

HOJE, às 19h, tem mais um capítulo de “Feridas do Tempo”.
Escrita por Luís Henriq e Francisco Netto, essa história vai honrar seu título com uma história muito bem escrita.
É de segunda à sexta, 7 da noite.
E LOGO APÓS…


Raising Hope é uma comédia familiar criada por Greg Garcia. Nela, acompanhamos a família Chance quando eles recebem um novo e inesperado membro. Aos 23 anos, Jimmy Chance (Lucas Neff) não está indo a lugar nenhum em sua vida. Ele limpa piscinas para ganhar um trocado, vai a festas toda noite e ainda vive com sua família, incluindo sua avó Maw Maw (Cloris Leachmann), sua mãe Virginia (Martha Plimpton) e seu pai, Burt (Garret Dillahunt).
É de segunda à segunda, 8 da noite.

A dobradinha de maior sucesso da blogosfera você vê só aqui, no UHTV!

MEGA ESTREIA: "Feridas do Tempo" está no ar!

Capítulo 1

Luciana é uma garota simples que precisa muito de um emprego e em incansáveis tentativas ela acha um como empregada na casa de Flor, uma senhora doce, mas que virava o mundo de cabeça para baixo por sua família.
João, filho de Flor é um jovem seminarista.

Os dois se encontravam constantemente pela casa. No começo não havia um interesse entre os dois, mas aos poucos, um lindo amor começava a brotar.

Em certo dia, os dois se esbarram, ela quebrou todo jogo de xícaras da Dona Flor.
João, preocupado, diz:
– Você está bem? Cortou-se?
Luciana, tímida e envergonhada com a situação, diz:
– Eu estou bem, mas tinha café nelas, queimei meus braços, está doendo!
João, em estado de choque, diz:
– Não se preocupe, vamos ao hospital, você vai ficar bem.

Após irem ao hospital e resolverem o problema, um novo problema surge para Luciana: Flor. Após ter entendido a situação com seu filho, ela começa a atormentar Luciana:
– Não se finja de sonsa garota. Sei muito bem que quer conquistar meu filho, mas ele não pode! Será um padre, não há chances para você. Estou de olho em todas suas ações. Você não me convence com suas atitudes boas. Se isso acontecer novamente, tomara que meu filho não esteja envolvido, se não você estará no olho da rua.
Luciana acata a ordem de sua patroa e vai para o seu quarto chorar. Por ela, naquela mesma hora ela deixaria o emprego, mas precisava se sustentar, pois a vida não estava nada fácil.

Ela tentava evitar João, mas ele corria atrás dela, foi então que ela decidiu:
– Não quero mais saber, não vou deixar de viver por medo. Vou deixar meu coração falar.

Um mês se passa e por olhares, os dois começaram uma paixão que renderá a eles grandes problemas.

Evitar que algo aconteça está ficando cada vez mais difícil para Luciana.