Arquivo da categoria: Papo Saúde

Papo Saúde – Fim da Temporada: Mitos e verdades da enxaqueca!

No Mundo todo, uma a cada 4 pessoas sofre de enxaqueca. E é comum que as vítimas tenham que conviver com vários mitos sobre a origem das crises. Descubra verdades e mentiras sobre esse mal e não deixe que ainda aumente e os piore suas crises.

Mito
Toda dor de cabeça é enxaqueca – A Enxaqueca se caracteriza por dor forte e latejante em um ou nos dois lados da cabeça e pode provocar ânsia de vômito e tonturas. Mas existem mais de 100 tipos de dor de cabeça.
Aumentar as horas de sono previne o mal da enxaqueca. Enxaqueca tem cura. A enxaqueca está associada a problemas no estomago e fígado, problemas de vista causam as crises de enxaqueca.

Verdade
Vitimas podem ver vultos, alterações na visão. O extresse é um perigo, se somado com ansiedade contribuem consideravelmente para uma crise de enxaqueca.
Na Menopausa muitas mulheres melhoram, mas, pode voltar com a reposição hormonal. Enxaqueca antes, depois da menstruação é comum.

É… Chegamos ao fim da 1ª temporada do “Papo Saúde”. Está tudo acertado, e em uma longa reunião da alta cúpula do UHTV!, optamos por exibir a 2ª temporada do “Papo Saúde” apenas no início de 2012. Até lá, suas manhãs de segunda ganharão novas emoções. Não perca!

Papo Saúde – Fim da Temporada: Mitos e verdades da enxaqueca!

No Mundo todo, uma a cada 4 pessoas sofre de enxaqueca. E é comum que as vítimas tenham que conviver com vários mitos sobre a origem das crises. Descubra verdades e mentiras sobre esse mal e não deixe que ainda aumente e os piore suas crises.

Mito
Toda dor de cabeça é enxaqueca – A Enxaqueca se caracteriza por dor forte e latejante em um ou nos dois lados da cabeça e pode provocar ânsia de vômito e tonturas. Mas existem mais de 100 tipos de dor de cabeça.
Aumentar as horas de sono previne o mal da enxaqueca. Enxaqueca tem cura. A enxaqueca está associada a problemas no estomago e fígado, problemas de vista causam as crises de enxaqueca.

Verdade
Vitimas podem ver vultos, alterações na visão. O extresse é um perigo, se somado com ansiedade contribuem consideravelmente para uma crise de enxaqueca.
Na Menopausa muitas mulheres melhoram, mas, pode voltar com a reposição hormonal. Enxaqueca antes, depois da menstruação é comum.

É… Chegamos ao fim da 1ª temporada do “Papo Saúde”. Está tudo acertado, e em uma longa reunião da alta cúpula do UHTV!, optamos por exibir a 2ª temporada do “Papo Saúde” apenas no início de 2012. Até lá, suas manhãs de segunda ganharão novas emoções. Não perca!

Papo Saúde: Benefícios da meditação!

Todos ouvimos falar já há muito tempo sobre meditação. Essa prática foi divulgada no ocidente a partir dos anos sessenta, junto com o movimento hippie. Como tudo que é novo e desconhecido, e como a proposta do movimento hippie era a de rompimento com o que já não funcionava mais e a introdução de uma cultura mais livre e feminina como a oriental, a meditação foi, por muito tempo, vista como uma atividade “de loucos”.
Hoje a ciência comprova: a meditação somente nos traz benefícios, pois ela nos proporciona a possibilidade de encontro com aquilo que há de mais profundo dentro de nós. Ela equilibra as emoções, nos põe em contato com nosso subconsciente, provoca o relaxamento através do “esvaziamento” de nosso campo mental, sua prática constante desenvolve a concentração e o autocontrole, equilibra a ansiedade, além de nos direcionar por um caminho espiritual mais consistente e realizador.
A meditação é, inegavelmente, uma colaboradora no processo de fundamentação de nosso desenvolvimento mental e espiritual e nosso sentido de vida. Não existe desenvolvimento do espírito sem a prática da meditação.
Diz Tarthang Tulku (um Lama Tibetano): “Alcançar uma perspectiva mais ampla é como abrir uma janela num quarto abafado; toda a atmosfera se renova e a brisa fresca traz alternativas para nossas maneiras habituais de reagir. Por meio da prática da autoobservação na meditação e na vida diária, mesmo as nossas questões mais profundas podem ser respondidas. Podemos descobrir o que somos e o que estamos fazendo nesta terra. Por fim, poderemos entrar em contato com um corpo de conhecimento tão vasto que toca todas as coisas”. De verdade, a prática da meditação promove a possibilidade de tudo isso, pois ela abre canais que não imaginamos possuir. Sem nos percebermos de como acontece, enxergamos a vida sob novas perspectivas, adquirimos novas maneiras de solucionar problemas, o canal de intuição e de comunicação com energias sutis é lentamente aberto. Quando nos utilizamos de mantras, aliados à meditação e respiração, “o milagre” é ainda maior. Os mantras, ou palavras de poder, têm uma função energética curativa e transformadora. O uso apropriado de certos mantras dissolve imediatamente energias negativas ao nosso redor, transformando nossa energia mental e espiritual e a energia do ambiente em que vivemos. “O mantra é como uma pedra encantada que desperta a energia sutil da mente iluminada”, diz Tarthang Tulku.
Quando praticamos a meditação diariamente, milagres acontecem em nossas vidas, milagres que para muitos de nós são inexplicáveis, mas que com o conhecimento entendemos o porquê. Aprenda a meditar e pratique a meditação. Compreenda a importância dessa prática e aprenda algumas técnicas eficientes que tenham a ver com seu temperamento, para que você tenha a oportunidade de avalizar tudo isso.
Dica: Respire fundo
Sempre que sentir que a intolerância e impaciência estão tomando conta de seu organismo, respire fundo e procure dentro de você o real motivo desses sentimentos. Olhe atentamente para a pessoa que provocou essa reação em você e procure percebe la como uma pessoa como você, carregada de conflitos e sentimentos negativos, inseguranças e medos.
Sempre que olhamos para os outros como pessoas idênticas a nós, com problemas como nós, algo de mágico e transformador acontece.
Semana que vem temos a última edição do “Papo Saúde”. Em agosto voltamos com novo logo e novos assuntos, você não pode perder!

Papo Saúde: Benefícios da meditação!

Todos ouvimos falar já há muito tempo sobre meditação. Essa prática foi divulgada no ocidente a partir dos anos sessenta, junto com o movimento hippie. Como tudo que é novo e desconhecido, e como a proposta do movimento hippie era a de rompimento com o que já não funcionava mais e a introdução de uma cultura mais livre e feminina como a oriental, a meditação foi, por muito tempo, vista como uma atividade “de loucos”.
Hoje a ciência comprova: a meditação somente nos traz benefícios, pois ela nos proporciona a possibilidade de encontro com aquilo que há de mais profundo dentro de nós. Ela equilibra as emoções, nos põe em contato com nosso subconsciente, provoca o relaxamento através do “esvaziamento” de nosso campo mental, sua prática constante desenvolve a concentração e o autocontrole, equilibra a ansiedade, além de nos direcionar por um caminho espiritual mais consistente e realizador.
A meditação é, inegavelmente, uma colaboradora no processo de fundamentação de nosso desenvolvimento mental e espiritual e nosso sentido de vida. Não existe desenvolvimento do espírito sem a prática da meditação.
Diz Tarthang Tulku (um Lama Tibetano): “Alcançar uma perspectiva mais ampla é como abrir uma janela num quarto abafado; toda a atmosfera se renova e a brisa fresca traz alternativas para nossas maneiras habituais de reagir. Por meio da prática da autoobservação na meditação e na vida diária, mesmo as nossas questões mais profundas podem ser respondidas. Podemos descobrir o que somos e o que estamos fazendo nesta terra. Por fim, poderemos entrar em contato com um corpo de conhecimento tão vasto que toca todas as coisas”. De verdade, a prática da meditação promove a possibilidade de tudo isso, pois ela abre canais que não imaginamos possuir. Sem nos percebermos de como acontece, enxergamos a vida sob novas perspectivas, adquirimos novas maneiras de solucionar problemas, o canal de intuição e de comunicação com energias sutis é lentamente aberto. Quando nos utilizamos de mantras, aliados à meditação e respiração, “o milagre” é ainda maior. Os mantras, ou palavras de poder, têm uma função energética curativa e transformadora. O uso apropriado de certos mantras dissolve imediatamente energias negativas ao nosso redor, transformando nossa energia mental e espiritual e a energia do ambiente em que vivemos. “O mantra é como uma pedra encantada que desperta a energia sutil da mente iluminada”, diz Tarthang Tulku.
Quando praticamos a meditação diariamente, milagres acontecem em nossas vidas, milagres que para muitos de nós são inexplicáveis, mas que com o conhecimento entendemos o porquê. Aprenda a meditar e pratique a meditação. Compreenda a importância dessa prática e aprenda algumas técnicas eficientes que tenham a ver com seu temperamento, para que você tenha a oportunidade de avalizar tudo isso.
Dica: Respire fundo
Sempre que sentir que a intolerância e impaciência estão tomando conta de seu organismo, respire fundo e procure dentro de você o real motivo desses sentimentos. Olhe atentamente para a pessoa que provocou essa reação em você e procure percebe la como uma pessoa como você, carregada de conflitos e sentimentos negativos, inseguranças e medos.
Sempre que olhamos para os outros como pessoas idênticas a nós, com problemas como nós, algo de mágico e transformador acontece.
Semana que vem temos a última edição do “Papo Saúde”. Em agosto voltamos com novo logo e novos assuntos, você não pode perder!

Papo Saúde: Benefícios da meditação!

Todos ouvimos falar já há muito tempo sobre meditação. Essa prática foi divulgada no ocidente a partir dos anos sessenta, junto com o movimento hippie. Como tudo que é novo e desconhecido, e como a proposta do movimento hippie era a de rompimento com o que já não funcionava mais e a introdução de uma cultura mais livre e feminina como a oriental, a meditação foi, por muito tempo, vista como uma atividade “de loucos”.
Hoje a ciência comprova: a meditação somente nos traz benefícios, pois ela nos proporciona a possibilidade de encontro com aquilo que há de mais profundo dentro de nós. Ela equilibra as emoções, nos põe em contato com nosso subconsciente, provoca o relaxamento através do “esvaziamento” de nosso campo mental, sua prática constante desenvolve a concentração e o autocontrole, equilibra a ansiedade, além de nos direcionar por um caminho espiritual mais consistente e realizador.
A meditação é, inegavelmente, uma colaboradora no processo de fundamentação de nosso desenvolvimento mental e espiritual e nosso sentido de vida. Não existe desenvolvimento do espírito sem a prática da meditação.
Diz Tarthang Tulku (um Lama Tibetano): “Alcançar uma perspectiva mais ampla é como abrir uma janela num quarto abafado; toda a atmosfera se renova e a brisa fresca traz alternativas para nossas maneiras habituais de reagir. Por meio da prática da autoobservação na meditação e na vida diária, mesmo as nossas questões mais profundas podem ser respondidas. Podemos descobrir o que somos e o que estamos fazendo nesta terra. Por fim, poderemos entrar em contato com um corpo de conhecimento tão vasto que toca todas as coisas”. De verdade, a prática da meditação promove a possibilidade de tudo isso, pois ela abre canais que não imaginamos possuir. Sem nos percebermos de como acontece, enxergamos a vida sob novas perspectivas, adquirimos novas maneiras de solucionar problemas, o canal de intuição e de comunicação com energias sutis é lentamente aberto. Quando nos utilizamos de mantras, aliados à meditação e respiração, “o milagre” é ainda maior. Os mantras, ou palavras de poder, têm uma função energética curativa e transformadora. O uso apropriado de certos mantras dissolve imediatamente energias negativas ao nosso redor, transformando nossa energia mental e espiritual e a energia do ambiente em que vivemos. “O mantra é como uma pedra encantada que desperta a energia sutil da mente iluminada”, diz Tarthang Tulku.
Quando praticamos a meditação diariamente, milagres acontecem em nossas vidas, milagres que para muitos de nós são inexplicáveis, mas que com o conhecimento entendemos o porquê. Aprenda a meditar e pratique a meditação. Compreenda a importância dessa prática e aprenda algumas técnicas eficientes que tenham a ver com seu temperamento, para que você tenha a oportunidade de avalizar tudo isso.
Dica: Respire fundo
Sempre que sentir que a intolerância e impaciência estão tomando conta de seu organismo, respire fundo e procure dentro de você o real motivo desses sentimentos. Olhe atentamente para a pessoa que provocou essa reação em você e procure percebe la como uma pessoa como você, carregada de conflitos e sentimentos negativos, inseguranças e medos.
Sempre que olhamos para os outros como pessoas idênticas a nós, com problemas como nós, algo de mágico e transformador acontece.
Semana que vem temos a última edição do “Papo Saúde”. Em agosto voltamos com novo logo e novos assuntos, você não pode perder!

Papo Saúde: Benefícios da meditação!

Todos ouvimos falar já há muito tempo sobre meditação. Essa prática foi divulgada no ocidente a partir dos anos sessenta, junto com o movimento hippie. Como tudo que é novo e desconhecido, e como a proposta do movimento hippie era a de rompimento com o que já não funcionava mais e a introdução de uma cultura mais livre e feminina como a oriental, a meditação foi, por muito tempo, vista como uma atividade “de loucos”.
Hoje a ciência comprova: a meditação somente nos traz benefícios, pois ela nos proporciona a possibilidade de encontro com aquilo que há de mais profundo dentro de nós. Ela equilibra as emoções, nos põe em contato com nosso subconsciente, provoca o relaxamento através do “esvaziamento” de nosso campo mental, sua prática constante desenvolve a concentração e o autocontrole, equilibra a ansiedade, além de nos direcionar por um caminho espiritual mais consistente e realizador.
A meditação é, inegavelmente, uma colaboradora no processo de fundamentação de nosso desenvolvimento mental e espiritual e nosso sentido de vida. Não existe desenvolvimento do espírito sem a prática da meditação.
Diz Tarthang Tulku (um Lama Tibetano): “Alcançar uma perspectiva mais ampla é como abrir uma janela num quarto abafado; toda a atmosfera se renova e a brisa fresca traz alternativas para nossas maneiras habituais de reagir. Por meio da prática da autoobservação na meditação e na vida diária, mesmo as nossas questões mais profundas podem ser respondidas. Podemos descobrir o que somos e o que estamos fazendo nesta terra. Por fim, poderemos entrar em contato com um corpo de conhecimento tão vasto que toca todas as coisas”. De verdade, a prática da meditação promove a possibilidade de tudo isso, pois ela abre canais que não imaginamos possuir. Sem nos percebermos de como acontece, enxergamos a vida sob novas perspectivas, adquirimos novas maneiras de solucionar problemas, o canal de intuição e de comunicação com energias sutis é lentamente aberto. Quando nos utilizamos de mantras, aliados à meditação e respiração, “o milagre” é ainda maior. Os mantras, ou palavras de poder, têm uma função energética curativa e transformadora. O uso apropriado de certos mantras dissolve imediatamente energias negativas ao nosso redor, transformando nossa energia mental e espiritual e a energia do ambiente em que vivemos. “O mantra é como uma pedra encantada que desperta a energia sutil da mente iluminada”, diz Tarthang Tulku.
Quando praticamos a meditação diariamente, milagres acontecem em nossas vidas, milagres que para muitos de nós são inexplicáveis, mas que com o conhecimento entendemos o porquê. Aprenda a meditar e pratique a meditação. Compreenda a importância dessa prática e aprenda algumas técnicas eficientes que tenham a ver com seu temperamento, para que você tenha a oportunidade de avalizar tudo isso.
Dica: Respire fundo
Sempre que sentir que a intolerância e impaciência estão tomando conta de seu organismo, respire fundo e procure dentro de você o real motivo desses sentimentos. Olhe atentamente para a pessoa que provocou essa reação em você e procure percebe la como uma pessoa como você, carregada de conflitos e sentimentos negativos, inseguranças e medos.
Sempre que olhamos para os outros como pessoas idênticas a nós, com problemas como nós, algo de mágico e transformador acontece.
Semana que vem temos a última edição do “Papo Saúde”. Em agosto voltamos com novo logo e novos assuntos, você não pode perder!

Papo Saúde: Câncer de mama no homem!

Para cada 100 casos de câncer de mama em mulheres, existe um em homem. Embora seja bem mais raro entre o sexo masculino, a doença é um risco para pacientes menos preocupados com a qualidade de vida e histórico familiar. O maior motivo de detecção da doença em estágio avançado é o preconceito e a falta de conscientização sobre a importância da realização dos exames de rotina. A demora no diagnóstico também dificulta o tratamento do câncer de mama em homens. A princípio, o que parece um caroçinho pequeno pode ser interpretado por médicos como um caso de ginecomastia, ouseja, crescimento benigno das mamas. O principal sintoma do câncer de mama no homem é o aparecimento de nódulo indolor na região da auréola, (bico do peito), onde o tecido mamário se concentra, podendo provocar coceira e irritação.
Geralmente o tumor é percebido pelo próprio paciente ou sua parceira. Junto com o aparecimento do nódulo, é comum haver queixas de descarga mamilar e sinais de disseminação local como retração do mamilo e ulcerações.
A incidência do câncer de mama é maior em homens acima dos 35 anos de idade e o risco aumenta com o avanço da idade. O surgimento da doença está relacionado a fatores de risco recorrentes nas mulheres como: histórico familiar correspondente aos pais, irmã ou filha, surgimento de alguma tumoração pré-maligna no passado, excesso de peso e dieta rica em gorduras.
Como em ambos os sexos, a obesidade está ligada ao estrogênio, já que as células gordurosas produzem este hormônio. Por isso, é bom controlar o peso. O consumo reduzido de calorias pode aumentar as enzimas antioxidantes, prevenir a formação de compostos pré-cancerígenos e melhorar a capacidade de reparação das células sadias. É bom lembrar que o diagnóstico de câncer de mama no homem não pode ser excluído por qualquer achado isolado na história do paciente. As formas mais eficazes para detecção precoce do câncer de mama são o auto-exame mensal das mamas, o exame
clínico (a partir dos 40 anos) e a mamografia (em caso de suspeita).

Papo Saúde: Câncer de mama no homem!

Para cada 100 casos de câncer de mama em mulheres, existe um em homem. Embora seja bem mais raro entre o sexo masculino, a doença é um risco para pacientes menos preocupados com a qualidade de vida e histórico familiar. O maior motivo de detecção da doença em estágio avançado é o preconceito e a falta de conscientização sobre a importância da realização dos exames de rotina. A demora no diagnóstico também dificulta o tratamento do câncer de mama em homens. A princípio, o que parece um caroçinho pequeno pode ser interpretado por médicos como um caso de ginecomastia, ouseja, crescimento benigno das mamas. O principal sintoma do câncer de mama no homem é o aparecimento de nódulo indolor na região da auréola, (bico do peito), onde o tecido mamário se concentra, podendo provocar coceira e irritação.
Geralmente o tumor é percebido pelo próprio paciente ou sua parceira. Junto com o aparecimento do nódulo, é comum haver queixas de descarga mamilar e sinais de disseminação local como retração do mamilo e ulcerações.
A incidência do câncer de mama é maior em homens acima dos 35 anos de idade e o risco aumenta com o avanço da idade. O surgimento da doença está relacionado a fatores de risco recorrentes nas mulheres como: histórico familiar correspondente aos pais, irmã ou filha, surgimento de alguma tumoração pré-maligna no passado, excesso de peso e dieta rica em gorduras.
Como em ambos os sexos, a obesidade está ligada ao estrogênio, já que as células gordurosas produzem este hormônio. Por isso, é bom controlar o peso. O consumo reduzido de calorias pode aumentar as enzimas antioxidantes, prevenir a formação de compostos pré-cancerígenos e melhorar a capacidade de reparação das células sadias. É bom lembrar que o diagnóstico de câncer de mama no homem não pode ser excluído por qualquer achado isolado na história do paciente. As formas mais eficazes para detecção precoce do câncer de mama são o auto-exame mensal das mamas, o exame
clínico (a partir dos 40 anos) e a mamografia (em caso de suspeita).

Papo Saúde: Câncer de mama no homem!

Para cada 100 casos de câncer de mama em mulheres, existe um em homem. Embora seja bem mais raro entre o sexo masculino, a doença é um risco para pacientes menos preocupados com a qualidade de vida e histórico familiar. O maior motivo de detecção da doença em estágio avançado é o preconceito e a falta de conscientização sobre a importância da realização dos exames de rotina. A demora no diagnóstico também dificulta o tratamento do câncer de mama em homens. A princípio, o que parece um caroçinho pequeno pode ser interpretado por médicos como um caso de ginecomastia, ouseja, crescimento benigno das mamas. O principal sintoma do câncer de mama no homem é o aparecimento de nódulo indolor na região da auréola, (bico do peito), onde o tecido mamário se concentra, podendo provocar coceira e irritação.
Geralmente o tumor é percebido pelo próprio paciente ou sua parceira. Junto com o aparecimento do nódulo, é comum haver queixas de descarga mamilar e sinais de disseminação local como retração do mamilo e ulcerações.
A incidência do câncer de mama é maior em homens acima dos 35 anos de idade e o risco aumenta com o avanço da idade. O surgimento da doença está relacionado a fatores de risco recorrentes nas mulheres como: histórico familiar correspondente aos pais, irmã ou filha, surgimento de alguma tumoração pré-maligna no passado, excesso de peso e dieta rica em gorduras.
Como em ambos os sexos, a obesidade está ligada ao estrogênio, já que as células gordurosas produzem este hormônio. Por isso, é bom controlar o peso. O consumo reduzido de calorias pode aumentar as enzimas antioxidantes, prevenir a formação de compostos pré-cancerígenos e melhorar a capacidade de reparação das células sadias. É bom lembrar que o diagnóstico de câncer de mama no homem não pode ser excluído por qualquer achado isolado na história do paciente. As formas mais eficazes para detecção precoce do câncer de mama são o auto-exame mensal das mamas, o exame
clínico (a partir dos 40 anos) e a mamografia (em caso de suspeita).

Papo Saúde: Câncer de mama no homem!

Para cada 100 casos de câncer de mama em mulheres, existe um em homem. Embora seja bem mais raro entre o sexo masculino, a doença é um risco para pacientes menos preocupados com a qualidade de vida e histórico familiar. O maior motivo de detecção da doença em estágio avançado é o preconceito e a falta de conscientização sobre a importância da realização dos exames de rotina. A demora no diagnóstico também dificulta o tratamento do câncer de mama em homens. A princípio, o que parece um caroçinho pequeno pode ser interpretado por médicos como um caso de ginecomastia, ouseja, crescimento benigno das mamas. O principal sintoma do câncer de mama no homem é o aparecimento de nódulo indolor na região da auréola, (bico do peito), onde o tecido mamário se concentra, podendo provocar coceira e irritação.
Geralmente o tumor é percebido pelo próprio paciente ou sua parceira. Junto com o aparecimento do nódulo, é comum haver queixas de descarga mamilar e sinais de disseminação local como retração do mamilo e ulcerações.
A incidência do câncer de mama é maior em homens acima dos 35 anos de idade e o risco aumenta com o avanço da idade. O surgimento da doença está relacionado a fatores de risco recorrentes nas mulheres como: histórico familiar correspondente aos pais, irmã ou filha, surgimento de alguma tumoração pré-maligna no passado, excesso de peso e dieta rica em gorduras.
Como em ambos os sexos, a obesidade está ligada ao estrogênio, já que as células gordurosas produzem este hormônio. Por isso, é bom controlar o peso. O consumo reduzido de calorias pode aumentar as enzimas antioxidantes, prevenir a formação de compostos pré-cancerígenos e melhorar a capacidade de reparação das células sadias. É bom lembrar que o diagnóstico de câncer de mama no homem não pode ser excluído por qualquer achado isolado na história do paciente. As formas mais eficazes para detecção precoce do câncer de mama são o auto-exame mensal das mamas, o exame
clínico (a partir dos 40 anos) e a mamografia (em caso de suspeita).