Arquivo da categoria: passou na tv

Vem aí a "Linha Plus", com a maior variedade de assuntos!

Suas tardes em 2012 virão recheadas de atrações. Um mix de ótimas opções estará disponível para você todos os dias, às 5 da tarde, a partir dessa segunda.
Confira abaixo como fica a programação:
Segunda, 16 de janeiro
No “Espaço Mulher”, nossa colunista Luciana Lopes mostra pra você tudo sobre o universo feminino. Maquiagem, cuidados com a pela, beleza e saúde. Você mulher não pode ficar de fora.
Terça, 17 de janeiro
Anda com dúvidas sobre qual profissão seguir? Luciana Lopes pode te ajudar. O título “Profissões: Qual escolher?” resume bem o objetivo dessa coluna.
Quarta, dia 18 de janeiro 
A música vai voltar com tudo em 2012. Várias de nossas colunas serão focadas no som que dá sentido às nossas vidas. O “Música VIP” tá aí pra isso, mas de uma forma diferente. Em sua 3ª temporada, sob o comando de Luís Henriq, você vai ficar por dentro de todas notícias do mundo da música.
Quinta, 19 de janeiro
Todo mundo quer conhecer a vida dos famosos e nada melhor que o “Estrelas da TV” para satisfazer essa vontade do leitor. Em sua 2ª temporada, sob o comando de Luís Henriq, a coluna vai te deixar por dentro de tudo que rola na vida do seu famoso favorito.
Sexta, 20 de janeiro
Que tal rever tudo o que “Passou na TV”? Ao contrário do que você está pensando, essa coluna não é um plágio do programa “Agora é Tarde”. Como você pode ver no logo acima, estamos na 3ª temporada. A ideia inicial foi nossa, rs.
Mas aqui, a cada semana, vamos relembrar programas que marcaram época e que foram fracasso na TV brasileira.
Sábado, 21 de janeiro 
Como o prório nome já diz, a cada semana, vamos colocar uma “Novela em Destaque”, mostrando detalhes da produção, cenas, curiosidades. É a 5ª temporada, comandada por Luís Henriq. O formato é tradicional e você já conhece!
Domingo, 22 de janeiro
 
Tá aí mais uma veterana. O “Momento Séries” anda com Luís Henriq desde seu início na blogosfera. A 5ª temporada continua no formato tradicional: a cada dia uma séries, com detalhes da produção, atores, curiosidades e é claro, um pedacinho do seriado para dar água na boca dos leitores.
É isso aí. A “Linha Plus” está na responsabilidade de Luciana Lopes e Luís Henriq.
Vale a pena conferir!
Anúncios

Vem aí a "Linha Plus", com a maior variedade de assuntos!

Suas tardes em 2012 virão recheadas de atrações. Um mix de ótimas opções estará disponível para você todos os dias, às 5 da tarde, a partir dessa segunda.
Confira abaixo como fica a programação:
Segunda, 16 de janeiro
No “Espaço Mulher”, nossa colunista Luciana Lopes mostra pra você tudo sobre o universo feminino. Maquiagem, cuidados com a pela, beleza e saúde. Você mulher não pode ficar de fora.
Terça, 17 de janeiro
Anda com dúvidas sobre qual profissão seguir? Luciana Lopes pode te ajudar. O título “Profissões: Qual escolher?” resume bem o objetivo dessa coluna.
Quarta, dia 18 de janeiro 
A música vai voltar com tudo em 2012. Várias de nossas colunas serão focadas no som que dá sentido às nossas vidas. O “Música VIP” tá aí pra isso, mas de uma forma diferente. Em sua 3ª temporada, sob o comando de Luís Henriq, você vai ficar por dentro de todas notícias do mundo da música.
Quinta, 19 de janeiro
Todo mundo quer conhecer a vida dos famosos e nada melhor que o “Estrelas da TV” para satisfazer essa vontade do leitor. Em sua 2ª temporada, sob o comando de Luís Henriq, a coluna vai te deixar por dentro de tudo que rola na vida do seu famoso favorito.
Sexta, 20 de janeiro
Que tal rever tudo o que “Passou na TV”? Ao contrário do que você está pensando, essa coluna não é um plágio do programa “Agora é Tarde”. Como você pode ver no logo acima, estamos na 3ª temporada. A ideia inicial foi nossa, rs.
Mas aqui, a cada semana, vamos relembrar programas que marcaram época e que foram fracasso na TV brasileira.
Sábado, 21 de janeiro 
Como o prório nome já diz, a cada semana, vamos colocar uma “Novela em Destaque”, mostrando detalhes da produção, cenas, curiosidades. É a 5ª temporada, comandada por Luís Henriq. O formato é tradicional e você já conhece!
Domingo, 22 de janeiro
 
Tá aí mais uma veterana. O “Momento Séries” anda com Luís Henriq desde seu início na blogosfera. A 5ª temporada continua no formato tradicional: a cada dia uma séries, com detalhes da produção, atores, curiosidades e é claro, um pedacinho do seriado para dar água na boca dos leitores.
É isso aí. A “Linha Plus” está na responsabilidade de Luciana Lopes e Luís Henriq.
Vale a pena conferir!

Vem aí a "Linha Plus", com a maior variedade de assuntos!

Suas tardes em 2012 virão recheadas de atrações. Um mix de ótimas opções estará disponível para você todos os dias, às 5 da tarde, a partir dessa segunda.
Confira abaixo como fica a programação:
Segunda, 16 de janeiro
No “Espaço Mulher”, nossa colunista Luciana Lopes mostra pra você tudo sobre o universo feminino. Maquiagem, cuidados com a pela, beleza e saúde. Você mulher não pode ficar de fora.
Terça, 17 de janeiro
Anda com dúvidas sobre qual profissão seguir? Luciana Lopes pode te ajudar. O título “Profissões: Qual escolher?” resume bem o objetivo dessa coluna.
Quarta, dia 18 de janeiro 
A música vai voltar com tudo em 2012. Várias de nossas colunas serão focadas no som que dá sentido às nossas vidas. O “Música VIP” tá aí pra isso, mas de uma forma diferente. Em sua 3ª temporada, sob o comando de Luís Henriq, você vai ficar por dentro de todas notícias do mundo da música.
Quinta, 19 de janeiro
Todo mundo quer conhecer a vida dos famosos e nada melhor que o “Estrelas da TV” para satisfazer essa vontade do leitor. Em sua 2ª temporada, sob o comando de Luís Henriq, a coluna vai te deixar por dentro de tudo que rola na vida do seu famoso favorito.
Sexta, 20 de janeiro
Que tal rever tudo o que “Passou na TV”? Ao contrário do que você está pensando, essa coluna não é um plágio do programa “Agora é Tarde”. Como você pode ver no logo acima, estamos na 3ª temporada. A ideia inicial foi nossa, rs.
Mas aqui, a cada semana, vamos relembrar programas que marcaram época e que foram fracasso na TV brasileira.
Sábado, 21 de janeiro 
Como o prório nome já diz, a cada semana, vamos colocar uma “Novela em Destaque”, mostrando detalhes da produção, cenas, curiosidades. É a 5ª temporada, comandada por Luís Henriq. O formato é tradicional e você já conhece!
Domingo, 22 de janeiro
 
Tá aí mais uma veterana. O “Momento Séries” anda com Luís Henriq desde seu início na blogosfera. A 5ª temporada continua no formato tradicional: a cada dia uma séries, com detalhes da produção, atores, curiosidades e é claro, um pedacinho do seriado para dar água na boca dos leitores.
É isso aí. A “Linha Plus” está na responsabilidade de Luciana Lopes e Luís Henriq.
Vale a pena conferir!

Passou na TV – Fim da Temporada: O sucesso "Topa Tudo por Dinheiro"!

Topa Tudo por Dinheiro era um programa veiculado pelo SBT e apresentado pelo empresário e apresentador Sílvio Santos. “Quem quer dinheiro?” foi um bordão muito utilizado, nas décadas de 80 e 90, quando o programa foi transmitido. Era exibido aos domingos. A estréia foi em 5 de maio de 1991, às 5 da tarde, depois foi mudando de horário. A última exibição ocorreu no ano de 2001, quando deu lugar ao Reality Show Casa dos Artistas. O formato retornou em 2008, com o nome de Programa Silvio Santos, englobando também atrações dos extinto programas Qual é a Música e Hot Hot Hot.


Curiosidade
Após a célebre frase quem quer dinheiro?, no “Topa Tudo” o apresentador fazia aviões de papel (neste caso de papel-moeda) e lançava-os ao auditório. Foi então que o Banco Central do Brasil ameaçou entrar com um processo contra Silvio Santos, alegando que Silvio estragava as notas. Silvio Santos alegou que o povo também amassava as notas, e que deveriam, portanto, processar todos que amassassem notas. O Banco Central então nada mais disse.


Audiência
Em pouco tempo o programa alcançou popularidade entre o público e também audiência. Depois da mudança de horário para às 20h o Topa Tudo passou a concorrer diretamente com o Fantástico da Rede Globo aos poucos o SBT foi aumentando seu Ibope, em 8 de setembro de 1991 aconteceu a primeira vitória em cima da revista eletrônica, liderando por 30 minutos, no dia 15 de setembro de 1991 o SBT encosta na Globo com um placar de 32 à 34. Em 22 de setembro de 1991 finalmente Silvio Santos ultrapassa o Fantástico, obtendo 36 com picos de 40 pontos no Ibope contra 31 do Fantástico, na semana seguinte ele venceu de novo com 37 pontos e picos de 41 contra 29 da Globo. A guerra entre a Globo e o SBT continuaria no horário até a emissora carioca colocar no ar o sitcom Sai de Baixo em 1996 dando a liderança novamente a Globo nas noites de domingo.

Encerramos o ciclo na coluna “Passou na TV”. Em breve, mais informações… Voltaremos a tona com alguns ajustes na grade e grandes estreias!!! Não perca!

Passou na TV: O game "O Preço Certo"!

O Preço Certo foi um game show de origem americana exibido pela Rede Record. Inicialmente, foi exibida de segunda à sexta às 14h15 e, posteriormente, às 16h15. Na segunda temporada, foi transferida para os sábados às 14h30, após o Esporte Fantástico.
A primeira versão do programa foi produzida pelo SBT em 1980. A versão atual foi comprada da FremantleMedia e apresentada pelo ator Juan Alba, com locução de Débora Santilli. A segunda temporada se encerrou em 3 de Julho de 2010 e a Rede Record decidiu finalizar sua exibição.


O Programa
O programa distribui prêmios para as pessoas que acertarem o preço certo de um produto ou quem chegar mais perto dele. Cada rodada possui quatro participantes. Juan Alba mostra um determinado produto e os participantes devem descobrir o preço certo deste, com direito a consultar a plateia. Quem acertar o preço exatamente, ganha mil reais, o produto, e concorre a mais prêmios nos diversos quadros do programa. Se ninguém acertar o preço, ganha quem chegar mais perto dele. Quem acertar o preço certo (ou se aproximar mais dele) concorre a uma das provas do programa. Se o participante conseguir vencer a prova, leva os prêmios oferecidos nela e ganha a oportunidade de participar da semifinal do programa; independente se o participante ganhou ou não a prova.

Segunda Temporada
A Segunda Temporada do Preço Certo estreou no dia 25 de Janeiro de 2010 e terminou em 3 de Julho de 2010. A novidade dessa segunda temporada é que a competição fica mais acirrada, apenas 2 competidores vão para a grande final. As provas do programa continuaram as mesmas, e algumas regras do programa permaneceram: por exemplo, não pode ultrapassar o preço dos produtos, e quem acertar exatamente o preço dos produtos ganha 1000 reais em dinheiro.

A Semifinal
Os dois participantes que acertaram o preço certo ou chegaram mais próximo dele, vão para a semifinal do programa, disputar a Prova da Roleta Milionária. Quem conseguir o número 100 ou chegar mais próximo de 100, em uma ou duas tentativas, vai para a Grande Final. Quem somar mais de 100 pontos após girar a Roleta Milionária duas vezes, está eliminado da competição.

A Grande Final
O participante que obter o maior número na Roleta Milionária vai para a Grande Final e pode ganhar vários prêmios, dentre eles um carro 0 km, uma viagem para algum lugar do Brasil ou do mundo, e eletrodomésticos ou móveis. O participante deve sortear a margem de erro (entre R$500 e R$3000), para ver quantos reais a mais ele pode errar o preço dos prêmios. Se ele acertar o preço certo ou estiver ainda dentro de sua margem de erro, ele ganha todos os prêmios anunciados na grande final de cada programa.

Passou na TV: O criminal "Linha Direta"!


Linha Direta foi um programa da Rede Globo, exibido nas noites de quinta-feira entre 1999 e 2008. O programa dedicava-se a apresentar crimes que aconteceram pelo Brasil e cujos autores estariam foragidos da justiça. Era apresentado primeiramente pelo jornalista Marcelo Rezende, e com a saída deste da emissora, passou para o comando de Domingos Meirelles.
Uma primeira versão do programa já havia sido produzida em 1990, com a apresentação de Hélio Costa. Nesta versão, diferente da atual, eram reconstituídos crimes famosos, como o “Caso Pedrinho”, com atores desconhecidos.



Estilo
O programa fazia uma simulação dos fatos, sendo que se houvesse mais de uma versão, ambas eram apresentadas. Normalmente havia a apresentação de dois casos – às vezes até três casos no mesmo programa – e, ao final do programa, poderia ocorrer o relato de algum foragido que foi preso graças à ajuda do programa, que fornecia telefone ou e-mail e garantia o anonimato do denunciante. Desde sua estreia, o Linha Direta, através das denúncias anônimas, colaborou para a prisão de, até certo momento, 431 foragidos da justiça. As simulações eram feitas por atores profissionais, embora quase sempre desconhecidos.
Deixou de ser exibido em 2008. A justificativa para tal, de acordo com a Central Globo de Comunicação, em mensagem deixada no site do programa, foi: “A respeito das manifestações de entidades ligadas aos Direitos Humanos pela continuidade do programa Linha Direta – por seu reconhecido interesse público -, informamos que a TV Globo passou a adotar o sistema de temporadas. Mesmo com êxito e importância comprovados, os programas têm sua exibição suspensa, passando por uma reavaliação para nova exibição futura.”.


Equipe
Além da direção geral de Milton Abirached e apresentação de Domingos Meirelles, contava com Paulo Gheli, Pedro Carvana, André Felipe Binder, Adriano Coelho (diretores), Gustavo Vieira, Ângelo Tortelly (coordenação de jornalismo), Fábio Lau, Marcelo Fariade Barros, Wilson Aquino, Mônica Marques, Elayne Cirne (repórteres), Danielle Ferreira, Didier Dutra, Camila Machado de Assis, Camila Avancini (produção de jornalismo), Charles Peixoto, Teresa Frota, Gustavo Cascon, Ivan Sant’Anna, Adriana Avellar (roteiro), Flávio Araújo, Zé Dassilva; Maurício Yared (edição), Alexandre Ishikawa (direção de produção), Verônica Esteves (gerente de produção), Edon Oliveira (produção musical), Fred Rangel (direção de fotografia), Vitor Klein (efeitos especiais), José Artur Camacho (produção de arte), Mauro Heitor (computação gráfica), Vera Daflon, Andréia Hollanda (coordenação de produção), Aldo Picini, Oscar Francisco (assistência de direção), Denise Bernardes (figurinista), Rose Aragão (caracterização), Carlos Eduardo KK (cenografia).

Passou na TV: O criminal "Linha Direta"!


Linha Direta foi um programa da Rede Globo, exibido nas noites de quinta-feira entre 1999 e 2008. O programa dedicava-se a apresentar crimes que aconteceram pelo Brasil e cujos autores estariam foragidos da justiça. Era apresentado primeiramente pelo jornalista Marcelo Rezende, e com a saída deste da emissora, passou para o comando de Domingos Meirelles.
Uma primeira versão do programa já havia sido produzida em 1990, com a apresentação de Hélio Costa. Nesta versão, diferente da atual, eram reconstituídos crimes famosos, como o “Caso Pedrinho”, com atores desconhecidos.



Estilo
O programa fazia uma simulação dos fatos, sendo que se houvesse mais de uma versão, ambas eram apresentadas. Normalmente havia a apresentação de dois casos – às vezes até três casos no mesmo programa – e, ao final do programa, poderia ocorrer o relato de algum foragido que foi preso graças à ajuda do programa, que fornecia telefone ou e-mail e garantia o anonimato do denunciante. Desde sua estreia, o Linha Direta, através das denúncias anônimas, colaborou para a prisão de, até certo momento, 431 foragidos da justiça. As simulações eram feitas por atores profissionais, embora quase sempre desconhecidos.
Deixou de ser exibido em 2008. A justificativa para tal, de acordo com a Central Globo de Comunicação, em mensagem deixada no site do programa, foi: “A respeito das manifestações de entidades ligadas aos Direitos Humanos pela continuidade do programa Linha Direta – por seu reconhecido interesse público -, informamos que a TV Globo passou a adotar o sistema de temporadas. Mesmo com êxito e importância comprovados, os programas têm sua exibição suspensa, passando por uma reavaliação para nova exibição futura.”.


Equipe
Além da direção geral de Milton Abirached e apresentação de Domingos Meirelles, contava com Paulo Gheli, Pedro Carvana, André Felipe Binder, Adriano Coelho (diretores), Gustavo Vieira, Ângelo Tortelly (coordenação de jornalismo), Fábio Lau, Marcelo Fariade Barros, Wilson Aquino, Mônica Marques, Elayne Cirne (repórteres), Danielle Ferreira, Didier Dutra, Camila Machado de Assis, Camila Avancini (produção de jornalismo), Charles Peixoto, Teresa Frota, Gustavo Cascon, Ivan Sant’Anna, Adriana Avellar (roteiro), Flávio Araújo, Zé Dassilva; Maurício Yared (edição), Alexandre Ishikawa (direção de produção), Verônica Esteves (gerente de produção), Edon Oliveira (produção musical), Fred Rangel (direção de fotografia), Vitor Klein (efeitos especiais), José Artur Camacho (produção de arte), Mauro Heitor (computação gráfica), Vera Daflon, Andréia Hollanda (coordenação de produção), Aldo Picini, Oscar Francisco (assistência de direção), Denise Bernardes (figurinista), Rose Aragão (caracterização), Carlos Eduardo KK (cenografia).

Passou na TV: O ótimo "E24"!

E24 é um reality-doc , baseado no formato argentino da produtora Eyeworks-Cuatro Cabezas. O programa tem como objetivo relatar a luta pela vida nos hospitais. A sigla E24 significa Emergência 24 Horas.

Sinopse
A realidade de quem trabalha nos hospitais é uma só: emergência 24 horas por dia. O E24, “docu reality” que estreou na Band no dia 14 de abril de 2009, mostra sem rodeios como trabalham essas pessoas que vivem no limite, lutando para salvar vidas. Sucesso na Itália, Espanha, Chile e Argentina, o E24 chega ao Brasil numa parceria da Band com a Cuatro Cabezas, mesma produtora do CQC. Pela primeira vez na televisão aberta um programa mergulha profundamente num universo onde a linha que separa a vida e a morte é frágil. Dentro dos hospitais, a equipe do E24 acompanha a ação dos médicos e enfermeiros nas salas e corredores diante das emergências que não param de chegar. Fora, ao lado das ambulâncias e bombeiros, as câmeras registram os paramédicos na luta pela vida. No dia 17 de Julho de 2010, o programa E24 voltou ao ar, todo Sábado 17h45 áte ás 18h50.

Audiência
Na primeira exibição, alcançou a marca de 7 pontos com pico de 9 pontos, a segunda maior audiência do dia da emissora. Ficou em 3° lugar no ranking geral do horário para a Grande São Paulo.

Passou na TV: O ótimo "E24"!

E24 é um reality-doc , baseado no formato argentino da produtora Eyeworks-Cuatro Cabezas. O programa tem como objetivo relatar a luta pela vida nos hospitais. A sigla E24 significa Emergência 24 Horas.

Sinopse
A realidade de quem trabalha nos hospitais é uma só: emergência 24 horas por dia. O E24, “docu reality” que estreou na Band no dia 14 de abril de 2009, mostra sem rodeios como trabalham essas pessoas que vivem no limite, lutando para salvar vidas. Sucesso na Itália, Espanha, Chile e Argentina, o E24 chega ao Brasil numa parceria da Band com a Cuatro Cabezas, mesma produtora do CQC. Pela primeira vez na televisão aberta um programa mergulha profundamente num universo onde a linha que separa a vida e a morte é frágil. Dentro dos hospitais, a equipe do E24 acompanha a ação dos médicos e enfermeiros nas salas e corredores diante das emergências que não param de chegar. Fora, ao lado das ambulâncias e bombeiros, as câmeras registram os paramédicos na luta pela vida. No dia 17 de Julho de 2010, o programa E24 voltou ao ar, todo Sábado 17h45 áte ás 18h50.

Audiência
Na primeira exibição, alcançou a marca de 7 pontos com pico de 9 pontos, a segunda maior audiência do dia da emissora. Ficou em 3° lugar no ranking geral do horário para a Grande São Paulo.

Passou na TV: O informativo "Cidade Alerta"!

Cidade Alerta foi um programa jornalístico policial da Rede Record, na qual eram exibidos as matérias e as reportagens sobre casos reais, muitas vezes relativos a violência, ordem e muito mais fiel, da honra, do triunfo, da raiva, da esperança e do amor, alem de exibir reportagens sensacionalistas. Era exibido de segunda a sábado no final da tarde.
O programa estreou no dia 4 de dezembro de 1995, inicialmente apresentado por Ney Gonçalves Dias e era exibido somente para o estado de São Paulo. Mais tarde o programa passou a cobrir todo o Brasil.
Em 1997, com a transferência de Ney Gonçalves Dias ao SBT, o programa passou a ser apresentado por João Leite Neto. Em 1998, passou a ser apresentado por Gilberto Barros.
Em 1999, o programa passou a ser apresentado por José Luiz Datena, sendo que nos sábados, foi apresentado por Márcio Campos, que ficaram até 2003, quando chegou a ter um rodízio de apresentadores, como Oscar Roberto Godói, Milton Neves, Ricardo Caprioti, Wagner Montes e Lino Rossi. Em 2004, Marcelo Rezende assumiu a apresentação do programa. Em outubro, passa a ser apresentado diretamente da redação da Rede Record e em junho de 2005, foi tirado do ar, devido a baixa audiência e inumeros cortes. Na versão para o Rio de Janeiro, exibia tiroteios ao vivo e ficou no ar até dezembro, quando chegou a ser retirado da programação.