Arquivo da categoria: Record

Camila Rodrigues: Merabe em Rei Davi diz que não quer férias

Logo que soube do jeito espontâneo, romântico e carismático da personagem Merabe em Rei Davi, Camila Rodrigues aceitou o papel na nova minissérie da Record. “Ela é bem parecida comigo. Tem um estilo apaixonado, meigo e sonhador. Busca seguir seus próprios sonhos e ideais”, explica a atriz, que estava afastada da TV e afirma que não quer mais férias.
Liberal e à frente de seu tempo, Merabe é a filha mais velha do Rei Saul, interpretado por Gracindo Jr, e irmã de Mical, vivida por Maria Ribeiro, sua maior rival na história. “Ela é muito invejosa e sempre busca ter as mesmas coisas que a irmã. Minha personagem é sensual por ser, diferente da Mical que precisa fazer tudo para chamar atenção”, analisa. Belíssima e vaidosa, Merabe adora fazer charme e seduzir os soldados do exército de seu pai. Envolve-se com Adriel, interpretado por Rômulo Estrela, mas é prometida para Davi, Leonardo Brício, em casamento como prêmio por ele ter derrotado Golias. O que deixa a irmã com mais ódio e ciúmes.
Foram quase dois meses de workshops e laboratórios para ambientar os atores com a época e os costumes completamente diferentes dos atuais. Todo o elenco passou por aulas de dança, comportamento, culinária e tear. “Tivemos de aprender a nos portar à mesa, perder o sotaque, ter postura, como se relacionar em público com seu marido, não deixar o tornozelo aparecer ao sentar ou se movimentar”, lembra.
Camila enfrentou diversas dificuldades para coordenar todo o figurino de sua personagem. “Era roupa demais para se acostumar e eram muito quentes, vestidos muitos longos e com véu. E ainda tinham as joias. Eram milhões de anéis, colares no pescoço e na cabeça”, afirma. Mas, o verdadeiro desafio para a atriz durante as gravações foi a adaptação ao mega hair. A enorme quantidade de cabelo dificultava tarefas simples e eliminava qualquer praticidade durante o dia a dia, como lavar e secar os fios, pois não podia dormir com os cabelos molhados e montar um penteado para pode sair.
“Odiei o ‘mega hair’. Embolava muito. A quantidade de cabelo que colocaram nas nossas cabeças poderia colocar em outras três”, brinca. Com o fim das gravações, Camila não perdeu tempo e logo retirou os apliques. Porém, mesmo com todos os contratempos do mega hair, a atriz afirma que os longos cabelos eram uma parte essencial na composição estética da personagem e de todo o visual que a envolve.
Seu último trabalho na Globo havia sido Malhação em 2008. Após seis anos na Globo, Camila encara a mudança de emissora como uma forma de amadurecimento e novas descobertas. “A gente tem de estar onde está trabalhando. Tive uma proposta da Record que me pareceu melhor no momento. Vejo cada trabalho separadamente, não é uma questão de emissora”, explica.
Afastada da tevê há três anos, Camila comemora sua volta com um papel dramático e de forte composição histórica. “A Merabe tem cenas muito sofridas, principalmente quando apanha. Sempre tive mais facilidade para fazer drama do que comédia. Adoro fazer drama. Você pode brincar muito mais com a carga emocional”, ressalta. Durante esse período em que esteve afastada da tevê, Camila se dedicou ao teatro, uma de suas maiores paixões. A atriz ficou um ano e meio em cartaz com a comédia Decamerão – A Comédia do Sexo e logo depois emendou na peça Após a Chuva. “É muito bom fazer comédia, porque é um trabalho mais leve, mais solto e com uma carga de personagem menor. Mas eu já estava com saudade de fazer drama”, conta.
Assim como muitas atrizes, Camila começou a carreira como modelo, aos 14 anos. Ela descobriu seu interesse pela atuação quando começou a fazer cursos de teatro para poder melhorar sua desenvoltura em comerciais de tevê. A partir daí, Camila, que é formada pela Casa das Artes de Laranjeiras, começou a fazer teste para a Globo até passar na novela América, de 2005, em que viveu Mari, irmã de Deborah Secco. “Foi um trabalho maravilhoso e de grande responsabilidade. É muito bom ter a chance de estrear em uma novela das oito”, explica.
Contratada da Record por três anos, a atriz ainda não está escalada para as próximas produções, mas afirma que não quer parar de trabalhar. “Como fiquei três anos nos palcos estou com saudades da televisão. Quero atuar, não quero férias”, afirma.
Sem neuroses
Apesar das curvas bem modeladas, Camila garante que não gosta de academia e nem passa horas malhando. Para manter a boa forma, a atriz possui uma alimentação balanceada e corre ou caminha três vezes na semana. “Não sou neurótica, mas procuro sempre o que há de melhor para a minha saúde”, explica.
Acompanhada por um nutricionista regularmente, Camila afirma que nem sempre é possível seguir todas as recomendações que lhe são passadas, mas sempre que pode evita ingerir carboidratos após às 18h. “É impossível comer de três em três horas com a vida atribulada de hoje em dia. Mas sempre como bem nas três refeições mais importantes do dia, café da manhã, almoço e jantar”, ressalta.
Como grande parte do público feminino, Camila é louca por chocolate. “Adoro brigadeiro de panela. Estou sempre fazendo. Infelizmente, esse é um mal que jamais irei me desfazer”, ironiza.
Instantâneas
# Em 2001, Camila ficou entre as finalistas para viver a protagonista da série Presença de Anita, mas perdeu o papel para Mel Lisboa.
# A atriz possui apenas uma experiência no cinema com filme O Cavaleiro Didi e a Princesa Lili, de 2006.
# Antes de receber o convite para a minissérie Rei Davi, Camila estava lendo o livro As 100 Melhores Histórias da Bíblia.
# O trabalho em Rei Davi não é o primeiro de época da atriz. Quando estava na Globo, Camila atuou em Desejo Proibido e Amazônia, de Galvez a Chico Mendes, ambas de 2007.
Fonte: Terra

A Igreja Universal do Reino de Deus teria pedido aos fiéis que assistissem a minissérie bíblica Rei Davi

A Igreja Universal do Reino de Deus teria pedido aos fiéis que assistissem a minissérie bíblica Rei Davi, produzida pela TV Record, emissora de propriedade do bispo Edir Macedo, líder da igreja.

Segundo informações do colunista do jornal “O Dia”, Leo Dias, o pedido partiu do próprio Edir Macedo, com a intenção de aumentar a audiência do programa exibido às terças e quintas-feiras.

Na exibição do primeiro episódio, a Record conseguiu quinze minutos de liderança alternada, se consolidando em segundo lugar no horário, à frente do SBT. Durante a exibição do segundo episódio, a emissora alcançou a liderança do horário, deixando para trás Globo e SBT. Os dados referem-se à medição do Ibope para a Região Metropolitana de São Paulo.

A emissora do bispo Edir Macedo investiu pesado na elaboração e produção da minissérie “Rei Davi”. Segundo informações de especialistas, a emissora gastou aproximadamente R$ 25 milhões na adaptação da história contada na Bíblia, e os mesmos especialistas elogiaram a qualidade da produção, fazendo pequenas ressalvas a alguns detalhes.

Fonte: Gospel+

Média do dia (17/01) em São Paulo

07h00 – 0h00

:globo: 17.6

:record: 7.4

:sbt: 6.1

:band: 2.8

:redetv: :cultura: 1.6


Fonte: Planeta Vip

Média do dia (17/01) em São Paulo

07h00 – 0h00

:globo: 17.6

:record: 7.4

:sbt: 6.1

:band: 2.8

:redetv: :cultura: 1.6


Fonte: Planeta Vip

Média do dia (17/01) em São Paulo

07h00 – 0h00

:globo: 17.6

:record: 7.4

:sbt: 6.1

:band: 2.8

:redetv: :cultura: 1.6


Fonte: Planeta Vip

Será? Record pode ter atrasado salários do extinto Show do Tom

O clima está tenso nos bastidores da Rede Record. Os humoristas do extinto Show do Tom reclamam constantemente que ainda não receberam o salário do mês de dezembro integralmente.
Grande parte do elenco ainda não foi aproveitado em outras atrações, como prometeu a emissora de Edir Macedo. Por lá, tem muita gente insatisfeita.
Fonte: AJComenta

Será? Record pode ter atrasado salários do extinto Show do Tom

O clima está tenso nos bastidores da Rede Record. Os humoristas do extinto Show do Tom reclamam constantemente que ainda não receberam o salário do mês de dezembro integralmente.
Grande parte do elenco ainda não foi aproveitado em outras atrações, como prometeu a emissora de Edir Macedo. Por lá, tem muita gente insatisfeita.
Fonte: AJComenta

Record dá tiro no pé com longas reportagens sobre o BBB!

Em post passado, perguntamos porque a Rede Globo é lider. Muitos leitores opinaram e eu disse na ocasião que a Globo não é líder só por competência própria e sim, pela incompetência das outras emissoras que insistem em produtos de baixíssima qualidade.
Enquanto isso, a Globo permanece forte, sempre líder. Achei o cúmulo hoje a Record ficar por um bom tempo batendo em cima do suposto estupro no BBB12. Com tantos profissionais envolvidos na emissora, será que não percebem que isso serviu de marketing pra Globo fortificar seu produto?
Então preferiram trocar algumas migalhas de audiência nesse assunto e promover o programa da Globo que só em faturamento já atinge o que outras emissoras faturam durante o ano todo.
Quanto ao UFC, sabíamos que isso ia acontecer. A cobertura jamais seria a mesma que a RedeTV! promovia, mas contra a Globo não há argumentos. Ela julga que alguns momentos de cobertura bastam.

Record dá tiro no pé com longas reportagens sobre o BBB!

Em post passado, perguntamos porque a Rede Globo é lider. Muitos leitores opinaram e eu disse na ocasião que a Globo não é líder só por competência própria e sim, pela incompetência das outras emissoras que insistem em produtos de baixíssima qualidade.
Enquanto isso, a Globo permanece forte, sempre líder. Achei o cúmulo hoje a Record ficar por um bom tempo batendo em cima do suposto estupro no BBB12. Com tantos profissionais envolvidos na emissora, será que não percebem que isso serviu de marketing pra Globo fortificar seu produto?
Então preferiram trocar algumas migalhas de audiência nesse assunto e promover o programa da Globo que só em faturamento já atinge o que outras emissoras faturam durante o ano todo.
Quanto ao UFC, sabíamos que isso ia acontecer. A cobertura jamais seria a mesma que a RedeTV! promovia, mas contra a Globo não há argumentos. Ela julga que alguns momentos de cobertura bastam.

Record dá tiro no pé com longas reportagens sobre o BBB!

Em post passado, perguntamos porque a Rede Globo é lider. Muitos leitores opinaram e eu disse na ocasião que a Globo não é líder só por competência própria e sim, pela incompetência das outras emissoras que insistem em produtos de baixíssima qualidade.
Enquanto isso, a Globo permanece forte, sempre líder. Achei o cúmulo hoje a Record ficar por um bom tempo batendo em cima do suposto estupro no BBB12. Com tantos profissionais envolvidos na emissora, será que não percebem que isso serviu de marketing pra Globo fortificar seu produto?
Então preferiram trocar algumas migalhas de audiência nesse assunto e promover o programa da Globo que só em faturamento já atinge o que outras emissoras faturam durante o ano todo.
Quanto ao UFC, sabíamos que isso ia acontecer. A cobertura jamais seria a mesma que a RedeTV! promovia, mas contra a Globo não há argumentos. Ela julga que alguns momentos de cobertura bastam.